O sucesso das ideias da ANACP

Esta quarta-feira, 28 de Dezembro, assinalam-se três anos sobre a primeira edição da iniciativa "Dia do Guarda-redes", promovida pela Associação Nacional de Clubes de Patinagem (ANACP) com o intuito de proporcionar aos jovens guardiões de Hóquei em Patins um dia com os seus ídolos das balizas da I Divisão nacional.


Esta foi a primeira de muitas acções que a ANACP levou a cabo em prol da divulgação e desenvolvimento da modalidade que mais títulos internacionais deu a Portugal.


Com mais impacto mediático, a ANACP promoveu em Setembro último a Elite Cup, com as oito melhores equipas da época 2015/16. Hoje é com orgulho que lemos as palavras à Lusa do vice-presidente para o Hóquei em Patins da Federação de Patinagem de Portugal, defendendo a implementação do marcador electrónico do tempo de ataque. Os marcadores foram testados na Elite Cup e a medida foi amplamente elogiada por todos os sectores da modalidade, esbarrando em algum cepticismo pelos supostos custos que poderia acarretar. Mas, tal como a ANACP sempre defendeu, a medida é viável e a implementação da mesma será um motivo de regozijo para esta Associação.


A ANACP congratula-se também com o sucesso das transmissões de Hóquei em Patins na TVI24. Foi na Elite Cup que o canal pôde comprovar a viabilidade de uma ligação - passada depois ao papel com a FPP - a esta modalidade e com resultados que certamente levarão a sua Direcção de Desporto a uma crescente aposta, com uma óbvia repercussão na divulgação e crescimento do Hóquei em Patins.


Entretanto, a ANACP apostará em 2017 na reformulação das regras de transferências nos escalões de formação. Já com uma proposta formulada, a ANACP aguarda apenas disponibilidade da FPP para reunir e discutir mais uma medida que acreditamos ser benéfica para o Hóquei em Patins.